A gente se esforça muito pra se encaixar numa família ideal, num corpo ideal, numa postura ideal, enfim, numa vida ideal – financeira, social, amorosa, profissional e nossa, como isso é cansativo! 

E será mesmo que todos estes padrões ideais são ideais para nós?  Mais ainda: como ser feliz tendo que se encaixar, se entre nós há leoas, garças, panteras, águias, borboletas e até mesmo ovelhas? Todos nós somos seres únicos, complexos, e há muito tempo estamos insistindo num modelo visivelmente fracassado de viver a vida. Mas enquanto há VIDA, nada está perdido!

Existe uma sabedoria íntima em cada mulher, é como uma voz que vem das profundezas de nossa alma e que nos afirma que PODEMOS ser mais felizes e gratas aqui e agora, exatamente com o que somos e temos HOJE.

Simplesmente sabemos que somos poderosas, simplesmente sabemos que somos capazes de sentir todo o amor do mundo tanto por um único ser quanto por todos os seres que existem. A gente simplesmente sabe que pode. 

Mas sabemos também, por exemplo, que podemos fracassar. E que podemos ser inocentes, incoerentes, podemos errar, nos enganar, sofrer uma traição, nos arrepender. Sabemos que podemos sentir DOR.  

 

Esses saberes estão todos gravados em nossa alma de um jeito muito profundo. Todas nós, mulheres, somos influenciadas por memórias de dor tanto as nossas quanto as de nossos pais, avós, bisavós, etc. 

A ancestralidade se perpetua através da genética humana, e isso está diretamente ligado à nossas crenças e padrões de comportamento mais enraizados como a CULPA, por exemplo.

Há uma forma simples de saber quando estamos desconectadas da nossa real essência. É um sinal no corpo e na mente, algo como um vazio, acompanhado da sensação de falta de valor ou propósito. 

 

Você se sente sem valor no mundo? Eu, honestamente, às vezes me pego assim. Mas graças à bondade divina, venho compreendendo alguns dos motivos que me levam à essa sensação, e isso tá transformando a minha vida de verdade.

Ouvi recentemente uma ótima analogia sobre isso: Pense num leão. Agora, imagina se ele precisasse aprender desde muito cedo que é uma ovelha. Teria como esse leão se sentir realizado? É bem isso que acontece com a gente desde muito cedo.

Nossa essência é puro amor, e naturalmente desejamos receber somente amor do mundo. Então, para fugir da dor que infelizmente é uma realidade desse planeta, muitas vezes a gente se submete a padrões que a sociedade entende como corretos ou bons, ao invés de simplesmente nos conhecermos cada vez melhor, trabalhando nossas dificuldades e aprimorando nossos dons e talentos naturais, fazendo-os florescerem como são... 

Inspira

a CULPA é uma das mais cruéis crenças instaladas na mente humana, e que lentamente, com o passar das geraçoes, nos faz acreditar por algum motivo que não somos merecedoras do melhor da vida. essa crença vai entra em conflito com aquela voz interna, serena, que simplesmente SABE que merecemos todo o amor do mundo. 

SIM. Temos direito de desfrutar do que é mais lindo, sagrado e próspero em nossas vidas! E merecemos que todo o percurso de busca pelos nossos sonhos seja agradável, prazeroso e FLUIDO do início ao fim - sem a necessidade de chegarmos a nenhum lugar para isso. Nossa vida pode ser mais fluida hoje, agora. A dor existe, e pode passar por nós com mais fluidez. A alegria existe, e pode passar por nós com mais fluidez.

 

Merecemos viver com mais fluidez! E foi por isso que criei o Inspira, porque sinto com todo o meu coração que a troca entre as mulheres pode transformar nossa forma de sentir o mundo, de verdade.

Desejo viver o HOJE com mais leveza e paz, sem que isso dependa de mudanças ou melhorias milagrosas na minha vida. Quero crescer e aprender, sim, mas antes de tudo quero ME SENTIR BEM comigo mesma, do jeito que estou e sou hoje, aqui e agora.

 

Quero viver toda a felicidade que é minha de direito. Nem mais. Nem menos.

 

Eu mereço. E sabe, você também merece.

 

➺ E aí, vamos juntas? 

FLOR_CABECALHO.png
novo-11.png
novo-12.png
novo-13.png
novo-14.png

Clique para se cadastrar

na lista de transmissão.

FLOR_CABECALHO.png