top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorMaria

✧ 01/08/2023 ✧ Consciência e auto responsabilidade ✧ LEIA AQUI

Sabe quando volta e meia algo vem a sua mente? Pode ser uma música, um texto, uma frase, um ideia... Às vezes fica martelando, outras é apenas um lampejo, algo que se não estivermos atentos provavelmente passará "batido".

Então, o que quero compartilhar hoje com vocês é um poema que ouvi de uma professora querida durante um dos seus cursos e que nos últimos tempos tem voltado pra mim como um flash, uma lembrança.

Me encanta a simplicidade da sua forma e a riqueza das reflexões que me arrebatam sempre que eu o releio.



“Autobiografia em Cinco Capítulos”

1. Ando pela rua. Há um buraco fundo na calçada. Eu caio… Estou perdido… sem esperança. Não é culpa minha. Leva uma eternidade para encontrar a saída.


2. Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Mas finjo não vê-lo. Caio nele de novo. Não posso acreditar que estou no mesmo lugar. Mas não é culpa minha. Ainda assim leva um tempão para sair. 3. Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Vejo que ele ali está

Ainda assim caio… é um hábito. Meus olhos se abrem. Sei onde estou. É minha culpa. Saio imediatamente. 4. Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Dou a volta. 5. Ando por outra rua.


Texto do O Livro Tibetano do Viver e do Morrer, de Sogyal Rinpoche


A primeira vez que eu ouvi, deve ter sido há 5 ou 6 anos atrás e até hoje acho simplesmente genial. Nesse primeiro momento, fiquei muito emocionada e tocada, desejosa em ser a próxima a andar por outra rua, caminhar por outros lados, menos sombrios e desgastantes. Infelizmente, a ficha não caiu por completo durante esse curso, eu pouco sabia sobre auto responsabilidade e estava procurando fora uma maneira de conseguir sair desse buraco o mais rápido possível.

Muitos buracos depois, finalmente comecei a caminhar por outras calçadas, acho que até mudei de bairro rsrs.

Consciência é a chave da mudança que tanto almejamos.

Se responsabilizar por aquilo que nos acontece, é crescer, é "adultecer"!


Talvez não seja nossa tarefa mais fácil, mas se queremos ser livres, me parece ser o caminho mais viável.


Me tornando consciente, eu me liberto!

Me liberto do medo de não ser capaz de cuidar de mim

Me liberto da insegurança que abala e cala a minha voz

Me liberto da condena da vítima

Me liberto das amarras invisíveis que insistem em me paralisar

Consciente crio asas e tendo asas não fico a mercê de nenhum buraco da estrada.


Que a cada dia nos tornemos mais conscientes, abrindo nossos olhos e verdadeiramente vendo as mudanças que se fazem necessárias em nós, mas sempre com muita compaixão e respeito por nós mesmos e nossos processos.

Com amor,

Maria


MÚSICA ⋆ Just let it go ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no YouTube ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no Spotify









2 comentários

2 Comments


Coisa mais linda 🥹🤍🤍🤍🌕✨

Like

Higen
Higen
Aug 01, 2023

Ah, Maria....

Nem sei o que dizer



Like
bottom of page