top of page
hotmart i (4).png

✧ 04/01/2023 ✧ Materialização ✧ Danilo Willian



Nossos pés tocam a terra, mas nosso coração parece ansiar o céu.

Não o céu das religiões, mas o lugar onde nos sentimos em casa.

Esse lugar que não precisamos merecer, pois sabemos que viemos de lá.


A saudade desse lugar as vezes aperta e ainda que tenhamos conquistado toda a riqueza do mundo, nos sentimos pobres.

Ainda que tenhamos alcançado a fama entre os homens, nos sentimos como sendo estranhos para nós mesmos.

Ainda que vivamos uma vida boa, nos sentimos incompletos.

Muitas vezes nem se quer damos conta de que sentimos essa saudade, e ela parece flutuar a nossa volta... mas a menos que nós a reconheçamos como parte fundamental do nosso ser, não seremos capazes de aprender com ela.


O Mestre nos dá uma grande pista sobre isso, quando diz "Procure primeiramente a luz divina e a sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas".


Hoje compreendo que esse não é um convite para que a gente se abstenha do mundo, mas para que atuemos no mundo a partir dessa consciência divina.

Ele não diz para que procuremos templos ou guias para encontrar essa luz, apenas ressalta que devemos primeiramente buscá-la.

Ele não diz como encontrá-la, pois na própria frase fica subentendido que todos sabemos onde encontrar essa luz.


Eu sinto que Ele queria dizer que, comungando com essa luz que existe dentro de nós, poderíamos estar completos.

E não haveria nenhuma saudade, pois onde quer que estivéssemos, estaríamos em casa.

E tal como Ele, poderíamos andar no mundo onde as coisas perecem, onde os corpos adoecem, onde o tempo corrói tudo, e ainda sim estar em paz.


Talvez a grande mensagem seja essa, de que estamos aqui não para nos elevar e alcançar a divindade, mas para tocar o divino e trazê-lo para esse mundo.

Materializando os sonhos de Deus nesses tempos.


A luz divina e a sua justiça podem ser encontradas dentro de nós, na nossa capacidade de amar, no nosso potencial de ser humano, de viver uma vida virtuosa e benevolente.


O carpinteiro de almas veio nos ensinar a construir o céu que tanto ansiamos, aqui e agora.

Ele, como homem, nos mostrou que é possível.



MÚSICA ⋆ One of Us ⋆ Ouvir no Youtube | Ouvir no Spotify

1 comentário
bottom of page