top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorMayan

✧ 10/01/2024 ✧ Autoperdão ✧ Mayan Bueno


Em um delicado balé, a culpa dança em nossos corações, entrelaçando-se com os fios do arrependimento.


Em um cenário onde cada erro é uma tela em branco, a arte do autoperdão emerge como a mais nobre das paletas.


Perdoar a si, é como abrir as janelas da alma para a brisa suave da compaixão.


É compreender que somos todos obras inacabadas, moldadas pelo barro da experiência e esculpidas pelo caminho.


A culpa, qual neblina efêmera, dissipa-se diante da luz calorosa do amor-próprio.


Nessa jornada íntima, abraçamos nossas imperfeições com ternura, transformando cicatrizes em constelações que adornam nosso céu interior.


O autoperdão é o eco suave de uma canção serena, entoada pelo coração que aprendeu a se reconciliar consigo mesmo.


Ao cultivar a paciência e nutrir a aceitação, descobrimos que o perdão é um ato de amor genuíno, uma carícia na alma ferida. 


É um convite à autenticidade, onde reconhecemos nossos erros sem perder de vista a beleza que reside em nossa humanidade.


Nesse baile, encontramos a poesia do autoperdão.

Essa é uma dança de reconciliação, uma melodia que acalma as tempestades internas. 


Então, que possamos dançar ao ritmo do perdão, tecendo os fios de compaixão que adornam nossas vidas!


Uma linda quarta-feira para todෆs nós!


2 comentários

2 Kommentare


Maria
Maria
10. Jan.

Amei! 🥰

Gefällt mir

Higen
Higen
10. Jan.

Que lindo!

Gefällt mir
bottom of page