top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorMaria

✧ 12/09/2023 ✧ Benção ou lição? ✧ LEIA AQUI



Como você reage aos nãos que a vida te dá?

Você reage ficando bravෆ, explodindo de raiva e frustração?

Ou se encolhe e fica se perguntando porquê a vida está te tratando desse jeito?

Eu levanto minha mão aqui e digo que na maioria das vezes eu fui intercalando esses dois padrões de comportamento…

É bem verdade que às vezes a gente toma umas saraivadas da vida e não tem tempo nem de se levantar direito entre uma e outra.

Eu tenho uma professora incrível e com quem aprendo muito, que diz que a gente pode ficar com raiva, se fazer de vítima, se isolar do mundo ou ficar se lamentando, por 1 hora, um dia, dois dias…

No terceiro dia, a gente deve se levantar e se perguntar?:

  • Opa! O que é meu nessa história? Qual é a minha tarefa?

Ela também me ensinou que se essa tarefa veio até mim, cruzou o meu caminho, é porque tenho total condição de superar.

Óbvio que essa é uma atitude bem adulta, eu diria bem madura. E dependendo do acontecimento, nem sempre a gente consegue colocar esse exercício em prática.

Mas, na minha trajetória pessoal, quando eu consegui começar a usar esse pensamento diante dos meus desafios, eu percebi que à medida que eu ia exercitando, a vida ia ficando mais leve. E não é que não viessem outros momentos de tensão, mas algo em mim havia mudado.

A sensação de confiança aumenta, à medida que você toma consciência que Deus, a Deusa, o Universo não vai colocar a sua frente um desafio maior que a sua capacidade.

Nós somos filhos do Amor Maior!

É que muitas vezes a gente se esquece e sai encarando a vida como se estivéssemos sozinhos nessa arena.

E certamente não estamos!!!

Somos cuidados com zelo, somos estimados.

Mas, estamos aqui na Terra para crescer e para cumprir nossa missão.

O que acontece é que quando nos afastamos muito da nossa essência e do nosso propósito maior, uma das maneiras da Vida colocar a gente de novo nos trilhos é trazendo algo desafiador, ou algo que nos faz parar.


Um dia, eu estava conversando com uma pessoa que amo muito e que estava passando por um período bem difícil, e para consolá-la eu disse:

  • Pensa assim: se não é uma benção, é uma lição. Veja o que você pode aprender a partir desse sofrimento.

E a pessoa me respondeu que estava cansada de aprender, que ela JÁ PODERIA ENSINAR!!! E falou isso, com MUITA raiva.

Como você deve imaginar, eu fiquei sem argumentos e a conversa acabou por aí… A partir da minha fala clichê, desvendamos essa arrogância em relação à Vida.

NÃO, de jeito nenhum podemos ser os que vão ensinar algo à Vida…


Humildemente, reconheço que aqui na Terra sou uma simples aprendiz.

E sim, posso ensinar muito também, mas a partir de um lugar onde reina o AMOR! Nunca a raiva, a soberba e a ignorância.


Que esse exercício, essa maneira de enxergar os desafios possam te ajudar também.

E que você tenha total consciência do amor divino que toma conta de você!

Assim seja!

Com amor,

Maria




MÚSICA ⋆ Fluyendo ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no YouTube ⋆

0 comentário

コメント


bottom of page