top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorHigen

✧ 23/06/2023 ✧ Pequenas Emoções ✧ LEIA AQUI

Resumo: Aprender a reconhecer as pequenas emoções que podem nos desestabilizar ao longo do dia.

Li um post falando sobre esse tema, e achei pertinente trazer (e acrescentar) para a nossa sexta-feira.


Todos nós somos capazes de reconhecer grandes emoções (amor, raiva, ira, alegria), mas e quanto as pequenas emoções? Aquelas que não percebemos a chegada?

Dois exemplos:

1- Você acorda beem good vibes, toma seu café, e vê no seu Whatsapp uma mensagem do seu trabalho que te deixa com um leve mal estar. Sem perceber, sua vibe não está mais tão good assim. Ai você vai trabalhar, e acaba se aborrecendo no transporte público ou no trânsito com algum detalhe (que com certeza você não teria prestado atenção se não estivesse com aquele leve mal estar que apareceu com a mensagem pela manhã). Ai você chega no seu trabalho e se irrita com algum colega, por alguma besteira. Na hora do almoço, a demora na fila do restaurante coloca mais um tijolo no seu mau humor.
No final do dia, você sente dor nas costas, dor de estômago, mas não consegue localizar no seu dia em qual momento isso tudo começou- e acaba classificando o dia inteiro como perdido e irritante.

2- Você está lá, tranquilෆ, e então começa a sentir uma leve tristeza, ou uma leve irritação. Acha estranho isso aparecer, assim, "do nada", mas não dá muita atenção.
Depois de algumas horas, a sensação- que era pequena- agora é enorme e te consome, e você ne faz ideia de onde começou.

Viram que aqui, 2 emoções pequenas, aparentemente sem importância, sem força suficiente para fazer ondas nas águas de um lago, foram se acumulando e no final do dia desandaram tudo?

No primeiro caso, se conseguíssemos prestar atenção nas pequenas alterações de humor/sensação que aparecem no nosso dia a dia, conseguiríamos acolhe-la, entende-la e trabalha-la, ao invés de deixar que ela cresça e se acumule.
Ouça seu corpo.
Eu estava bem, agora sinto um leve mal estar.
O que eu acabei de fazer? Foi tal coisa que eu fiz? E porque essa tal coisa me perturbou?
Assim podemos evitar esse efeito avalanche.

E no segundo caso, se você está aqui, no Portal, é porque você consegue captar as emoções ao seu redor, com certeza. Você consegue captar as alterações energéticas de encarnados e desencarnados.
Nenhum problema, isso é normal.
O que não é saudável é você acolher essa alterações como se fossem suas e deixar que elas cresçam ai dentro.
Mesmo mecanismo do exemplo anterior:
Eu estava bem, e agora sinto algo diferente.
O que é? De onde veio? Tenho motivos para me sentir assim? Não?
Então isso não é meu, e não preciso levar comigo.

Imagine um cordão prateado que sai do seu chakra base (aquele que fica láaa na base da coluna) e vai até o centro da Terra.
Imagine essas emoções/sensações descendo por ele, até as profundezas do mundo. Empurre todas essas pequenas emoções por ele, até que você volte a se sentir como estava antes de tudo isso aparecer.

Já diz o ditado, né?
Orai e vigiai.
Se não é meu, eu devolvo.
Se apareceu e e não percebi, volto até o começo, entendo e trabalho.

Boa sexta para nozes :)
Higen

MÚSICA ⋆ THINGS WE LOST IN THE FIRE, Bastille ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no YouTube ⋆
1 comentário

1 comentário


andreia.peixoto.projetos
andreia.peixoto.projetos
23 de jun. de 2023

Sua linda 🩵

Curtir
bottom of page