top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorHigen

✧ 24/11/2023 ✧ Os Naskapi e o Grande Homem ✧ Amanda Higen

Como uma população originária lida com os sonhos e com o seu Eu Maior.


Quadro da artista cris (cree) Chholing Taha, chamado Nature: It is Sacred. "Esta incrível pintura compartilha histórias sobre nossa relação sagrada com a natureza. A natureza inclui as estrelas, o ar, os ventos terrestres e o fogo."



Hoje quero compartilhar com vocês uma coisa que li sobre os Naskapi, povos originários das regiões que hoje conhecemos como Quebec e Labrador (Canadá).

Eles são caçadores que costumam viver em grupos familiares isolados e talvez por isso não tenham desenvolvido rituais religiosos coletivos ou coisa do tipo.


Ao longo de sua vida solitária, o caçador naskapi tem que contar apenas com suas vozes interiores e as revelações do seu inconsciente. Não há mestres religiosos para os guiarem em tempos difíceis e nem para lhes trazerem alguma revelação.

No seu universo, sua alma é tida como um "companheiro interior" , a quem chamam de meu amigo, ou ainda de Mista'peo (Grande Homem no seu idioma).

Mista'peo habita o coração do ser humano e é um ser imortal. No momento da morte (ou um pouco antes) ele deixa o indivíduo para, mais tarde, reencarnar em outro corpo.


As mulheres naskapi Kathleen Tooma e Ann Joseph, colhendo ervas para o preparo de medicamentos, foto tirada em 2002. Mais uma vez, coube às mulheres resgatarem as tradições quase dizimadas dos naskapi.


Os naskapi que prestam atenção aos seus sonhos e tentam descobrir seu significado podem estreitar sua amizade com o Grande Homem. Ele (o Grande Homem) os auxilia e manda-lhes mais e melhores sonhos.

Assim, a principal função de um naskapi é obedecer as instruções que lhe são transmitidas por sonho e dar aos seus conteúdos uma forma duradoura nas artes.


Mentiras e desonestidade afastam o Grande Homem do reinado interior do indivíduo, enquanto a generosidade, o amor ao próximo e aos animais o atraem e lhe dão vida.


Os sonhos oferecem aos naskapi todas as possibilidades para encontrarem o bom caminho, não só no seu mundo interior mas também no mundo exterior; ajudam-nos a prever o tempo e dão-lhes conselhos inestimáveis na caça, da qual depende toda a sua vida.


Carl Jung estudou os naskapi pois achou fascinante as estruturas psíquicas deste povo relativamente isolado (pelo menos na época em que o tio Jung estava vivo). Ele chegou a conclusão que, assim como o naskapi percebe que a pessoa receptiva às sugestões do Grande Homem tem sonhos melhores e mais uteis, o nosso Grande Homem inato torna-se mais real aos que o ouvem do que aos que o desprezam ou ignoram. Ouvindo-o, tornamos seres humanos mais completos.


Curioso que você e eu estejamos aqui em busca de entender nossෆ amigෆ interior, não?

Curioso que você e eu estejamos agora interessados nos significado dos nossos sonhos, em busca de uma cura interior que sempre esteve à nossa disposição, mas um pensamento "racionalista" nos afastou dessa fonte tão simples e eficaz, só porque ela não pode ser enquadrada em alguma lei rígida humana ou categorizada como um produto em um catálogo, não?


Já diz o ditado, ANTES TARDE DO QUE AINDA MAIS TARDE.

Minha proposta para hoje, jovem, é ouvir seu/sua amigෆ interior, tratar elෆ bem, refazer esta ponte de amizade que nossos antepassados já tinham e nós não fomos ensinados a cuidar.


Excelente sexta para nós :)


*trecho retirado do livro O Homem e seus símbolos, de C.G.Jung, editora Nova Fronteira, 2008, páginas 212/213.

* Para ver mais obras incríveis da artista Chholing Taha, eis o site: https://www.shawllady.com/gallerypaintings/index.htm




1 comentário

תגובה אחת


Andreia Peixoto
Andreia Peixoto
24 בנוב׳ 2023

Ameeeei 🌟

לייק
bottom of page