top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorMaria

✧ 27/06/2023 ✧ Abra espaço para a cura ✧ LEIA AQUI



Quando a dor aparece, a tendência é nos fecharmos.

Quando algum gatilho é ativado, fica quase impossível colocar em prática tudo aquilo que já sabemos.

A resistência em reviver a dor, o trauma, é compreensível. Afinal, vamos sentir tudo novamente, às vezes com mais intensidade até.

O que eu sei é que quando investimos tempo e energia na nossa cura interior é inevitável que algumas feridas voltem a doer. Ninguém faz uma boa limpeza, sem tirar os móveis do lugar e isso pode gerar um caos momentâneo. Quando abrimos nossas gavetas empoeiradas, muitas vezes nos assustamos. Nossos baús de lembranças contém traumas e situações que preferimos esquecer ou até mesmo gostaríamos de não ter vivido.

Me ajuda pensar que o que eu encontrarei nesses lugares mais escondidos são apenas emoções. As minhas emoções e nada mais. Nada que está guardado ali é do outro. Tudo faz parte de mim e se é parte de mim, significa que eu posso enfrentar. A minha sabedoria interna, a minha parte que é sábia tem total condição de lidar com qualquer conteúdo meu.

Além do mais, se eu não experimentar a tristeza, não saberei reconhecer a alegria brotar dentro de mim.

Se eu nunca senti opressão, como saberei valorizar a minha liberdade?

E se o medo de viver nunca houvesse me paralisado, eu não conheceria o amor, muito menos experimentaria a coragem de amar e ser amadෆ.


Com muito amor eu te peço, quase como uma oração:


Abra espaço para a cura.

Se permita sentir o desconforto e o gosto amargo do ressentimento.

Acessa a raiva reprimida, que transformada em culpa está pesando nesse teu corpo frágil.

Respira, se dê permissão.

Teu sentir é legítimo.

Ouse se curar.

Ouse ser você em todas as suas nuances.

Expande o teu sentir além do conhecido, do vivido.

Ouse se amar a cada dia um tantinho mais.

Se preenchendo com o mais lindo sentimento de pertencimento.

Seja gentil e compassivෆ com você.

Desperte toda potência amorosa que está disponível aí dentro.

E se abra para a cura e todas as infinitas bênçãos divinas.

Amém!

Assim seja!

Assim é!


Hoje, dançarei minhas dores e te convido a viver essa experiência também.



MÚSICA ⋆ Ninguém ⋆ Clique aqui para ouvir no SpotifyClique aqui para ouvir no YouTube


0 comentário

コメント


bottom of page