top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorMaria

✧29/11/2022 ✧ O que se passa aqui dentro ✧ LEIA AQUI




Ando um pouco desconfiada da Vida.

Parece que ela está novamente a me testar.

Como uma professora nova em sala de aula que tenta, com algumas perguntas soltas, nivelar seus alunos.

Desconfio que a danada da Vida esteja me mantendo sob observação.

Me sinto sob pressão. Tento manter a lucidez, a consciência dos meus atos e ações.

Me percebo humana e reflito mais uma vez: “pequei”.

Entenda bem, não há punição.

Apenas a constatação da fraqueza que há dentro dessa minha condição.

Sou aprendiz. Hoje, aprendo mais do que erro. Isso eu sei.


A cada dia me importo mais com o que carrego dentro de mim. Se há angústia, trato de mirar em seus olhos e perguntar: de onde você vem? Ou quem te trouxe até aqui? Caso haja medo, me sento bem à sua frente e o confronto. Pergunto: o que há por trás de você, medo? Por que tenta me deter? O que você quer que eu pare e veja?


Só que isso toma tempo…tempo de pausa e observação.

Tempo de caminhar e colocar em ação.

A mudança não vem só.

A mudança é quase um ponto de chegada.


É você se afastando cada vez mais do ponto de largada, sem perdê-lo de vista, mas dando passos e mais passos rumo ao desconhecido.

O que eu sinto, é que o destino, o ponto onde tem a faixa escrito “CHEGADA”, não chega…

É a cenoura pendurada na frente do coelho!


Por isso, cansa!

Quando penso em receber a recompensa pelo trabalho duro, desanimo.

Quando penso que a Vida é chegada, bloqueio meu coração de receber os presentes da caminhada.

Me frustro.

Me questiono.


Bom mesmo é saber que a vida é JORNADA!

É o que acontece nos percalços da estrada.

É o suor, a lágrima e também a risada.

É encontro em meio a desencontros.

É trabalho, mas é também descanso.

É apreciar fora, sem deixar de olhar para dentro.

É uma viagem não planejada, onde o inesperado sempre acontece.

E a certeza que sinto no meu coração, é que sou pequena demais diante da grandeza da Vida.

A certeza que aquece meu coração, é que a Vida me leva por caminhos de aprendizados essenciais.

Caminhos incertos, eu sei.

Caminhos preciosos.


Sim! Sou pequena diante da Vida!

Me encanto e me chateio com essa professora severa, rigorosa e cheia de enigmas.

E por ser pequena, humildemente agradeço por tanto.

E me ofereço uma vez mais, como boa aprendiz e apreciadora da Vida.


Recupero o fôlego.

Pronta para mais passos.

Sem me preocupar com a chegada, me distancio do velho e abro espaço.

Renovo a esperança e me sinto, mais uma vez, confiante para caminhar.


Com amor,

Maria


MÚSICA ⋆ TENTE OUTRA VEZ ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no YouTube

CLIQUE AQUI para ouvir no Spotify




6 comentários
bottom of page