top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorHigen

✧19/01/2024 ✧Prática para Cocriação na 4° Dimensão✧ Amanda Higen

Ainda sobre o livro que estou lendo (esse vai render), senti de compartilhar uma prática simples mas bem interessante proposta pelos autores para cocriação. Bora?



Sobre o livro citado, falo mais sobre ele nesse post AQUI .


Existem algumas especulações sobre qual dimensão estamos vivendo; algumas correntes afirmam que estamos na 3°, migrando para a 5°. Outras dizem que estamos na 4°, caminhando para a 5° (e que entramos na 4° em 21/12/2012).


Seja lá qual teoria está correta, o fato é que sentimos o tempo passar muito mais rápido, as emoções à flor da pele na maioria das pessoas e coisas que eram normais nos anos 2000 hoje nos causam horror (graças a Deus!).


Partindo desse ponto, um dos autores do livro citado acima (um grupo denominado como Hathors) fala sobre como ainda aplicamos as regras de criação e restrição da 3° dimensão neste novo lugar onde estamos (eles dizem que estamos na 4° dimensão desde 2012). É como você ir a uma lotérica para pagar a conta de luz, quando você poderia fazer isso pelo seu telefone celular, manja?

Sendo assim, eles nos propõe alguns exercícios de visualização e cocriação de realidade que não funcionariam mais em uma 3° dimensão, mas na 4° dimensão sim.


IMPORTANTE: Isso eles repetem várias vezes: NÃO VALE USAR ESTA TÉCNICA PARA PREJUDICAR O COLEGUINHA!

Não vale usar nenhuma prática para prejudicar, intervir no livre-arbítrio ou qualquer coisa que atrapalhe a vida de outra pessoa, certo?


Dito isso, bora para a prática:


1: Seja clar sobre os detalhes do que você deseja criar. Isto formará a

base para o seu Eu Futuro que você estará criando. Há poder nos detalhes,

então seja específico.


2: Coloque sua consciência em seu plexo solar, localizado na altura do seu estômago.


Esta prática pode ser feita com qualquer chakra, mas para este exercício (de cocriação em uma realidade saindo da 3° dimensão) os Hathors sugerem que usemos o Plexo.


3: Imagine-se dentro de uma esfera do tamanho do universo (ou menor se

você se sente desconfortável com uma sensação de espaço tão expandida). Seu plexo solar fica exatamente no centro desta esfera. Esta é uma esfera cheia de pontos brilhantes, e cada ponto é uma possibilidade de futuro, uma possibilidade de linha temporal. Esta é uma Esfera de Todas as Possibilidades.


4: Imagine o seu Eu Futuro à sua frente. Para a maioria das pessoas, isso será a uma distância de mais ou menos 3/9 metros, mas coloque este Eu o mais próximo ou tão longe quanto possível. Que seja em uma distância confortável para você. Este Eu Futuro imaginado é o “você” que experimentará o resultado que você deseja criar. É a personificação dessa realidade futura. Depois de ter um

senso claro desse Eu Futuro imaginado, você está pronto para passar para a próxima etapa.


5: Imagine uma linha que vai do seu plexo solar ao plexo solar do seu

Eu futuro.


6: Comece um download de energia da Esfera de Todas as Possibilidades ( esfera que você criou ao seu redor no passo 3) em seu plexo solar. A partir daqui, a energia flui para fora, para o plexo solar do seu Eu futuro. O download começa assim que você percebe que a Esfera de Todas As possibilidades está disponível para você em virtude de sua existência como um ser multidimensional (não se esqueça, estamos transitando entre dimensões neste exato momento). Você então ativa a Esfera através de um ato de intenção silenciosa. Não precisa falar nada (a não ser que você sinta a necessidade disso), apenas deixe fluir com essa intenção.


7: Enquanto você se sentir confortável com a experiência, permita que a Esfera

baixe energias para o seu plexo solar e para o plexo solar do seu Eu Futuro. Veja bem, o fluxo aqui é: a energia sai da Esfera. entra no seu plexo e do seu plexo vai para o plexo do seu Eu Futuro.


8: Se você quiser, adicione o sentimento de gratidão à experiência

para amplificar o atrator magnético que é o seu Eu Futuro.


9: Quando terminar, reserve alguns minutos para ficar consigo mesm. É melhor ficar em silêncio durante esse período para que você possa integrar

as energias sutis que foram liberadas através do processo.


ADICIONAL: Se você conseguir, você pode migrar sua consciência para o corpo do seu Eu Futuro algumas vezes durante a técnica, veja-se como eleෆ observando o seu corpo de agora, sinta como elෆ, e então volte para o seu corpo presente.


Nota: É normal que a atenção mental da maioria das pessoas divague durante este tipo de trabalho energético. Se e quando o seu foco de atenção se desviar, traga-o suavemente de volta para a área com a qual você estava trabalhando. Sem julgamento, sem impaciência, apenas traga-se de volta para a tarefa em questão.


Os Hathors sugerem fazer esta técnica com certa frequência (ai vai da sua intuição: 7 dias seguidos? 21 dias seguidos? Você vai saber). para que o nosso corpo físico consiga assimilar este novo funcionamento dimensional e comece a trabalhar nesta nova frequência.


Se você, assim como eu, for uma criatura sonora e gostar de meditar ao som de música, deixo no final desse post uma música sugerida pelo próprio autor/canalizador deste livro para essa prática.


Que seja útil!

Excelente sexta para nós!

Higen



MÚSICA ⋆ SPATIAL COGNIZANCE, Tom Kenyon ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no Youtube

2 comentários
bottom of page