top of page
hotmart i (4).png
  • Foto do escritorHigen

✧26/01/2024 ✧O poder da Sua Voz✧ Higen

Nossa voz é um instrumento poderoso, não só de comunicação, mas também de cura e criação.


Não sou uma profunda conhecedora das religiões do mundo, mas todas as que tive contato utilizam cantos, mantras, recitações e apoios sonoros para seus rituais.

Sempre achei isso interessante, e já vi diversas explicações.


Já reparei também que na minha própria voz existe um ponto tonal cuja vibração ecoa pelo meu corpo e ao meu redor de forma diferente, parece que ela "sacode" mais as coisas. Não é um grito, é um tom profundo e constante.


Terminei de ler o livro que venho falando há algumas semanas (falo sobre ele AQUI) e há um capítulo todo em consideração ao poder da nossa voz.


"Sua voz pode ser sua maior aliada de cura ou um obstáculo. É relativo ao

individuo, como em todas as coisas. O som produzido pela voz humana pode ser uma poderosa onda portadora de intenção, mas é a intenção que cria a cura,

não a voz em si. Vamos aprofundar um pouco mais para entender as sutilezas

envolvidas.

Nos reinos que estamos prestes a discutir, a sutileza é poder, assim como a clareza. O que queremos dizer com sutileza é o território mais refinado da sua consciência.

(...)

O principal é que há mais energia potencial quanto mais fundo você vai na

matéria. E o mesmo se aplica à consciência.

O som da voz humana é, como dissemos, uma onda portadora poderosa, mas é

a intenção, não a voz, que transmite a cura. O som da voz

certamente libera ou estimula respostas específicas em seu sistema nervoso e seu corpos energéticos. Mas a intenção por trás do som tem maior força.

Se você deseja transmitir cura usando sua voz, seja dirigida a você mesmo ou

outro, você deve entrar no estado vibratório de consciência que tem propriedades e intenções de cura.

Você conseguirá isso por meio de sua natureza sentimental. Em outras palavras, você deve acessar o estado vibratório de cura através de sua própria capacidade de sentir.

Você reconhecerá o estado vibratório de cura assim que entrar nele, porque

você sentirá uma espécie de desapego, uma sensação de “saber” que tudo vai dar certo.

Este é um conhecimento intuitivo. Quando você entra no reino vibratório da cura

você “sabe” que entrou em um espaço de cura. É um não-verbal intuitivo, um reconhecimento visceral. Ao entrar neste tipo de espaço, você libera ondas curativas de energia que pode afetar você e os outros. E a sua voz pode ser um veículo para disseminar essa frequência."


Já prestou atenção na sua própria voz, no seu próprio som?

Posso te sugerir uma prática rápida para isso:


  • Escolha um lugar onde não será interrompidෆ. Você vai fazer barulhos com sua voz, então pense bem onde vai ficar. Por mais estranho que possa ser, eu aconselho um banheiro (boa acústica e isolamento sonoro).

  • Sente-se de maneira confortável, respire fundo e relaxe.

  • Agora comece a vocalizar: diga a vogal A, solte o ar enquanto faz isso. Comece com um tom de voz mais grave (mas que te seja confortável). Não precisa gritar, basta falar no seu tom de voz normal ou um pouco mais baixo. Observe como o seu peito vibra ao fazer isso.

  • Agora vá para a vogal E, siga os mesmos passos da vogal A.

  • Vogal I

  • Vogal O

  • Vogal U

  • Agora experimente com o som Mmmmmmmmmmm. Este vai fazer seu nariz vibrar. Observe como seu corpo responde a esse estímulo.

  • Tente outros tons da sua voz. Sugeri começar com um tom mais grave, mas depois suba até onde for confortável.


Quando você encontrar a vogal e o tom que te farão ressoar diferente, que farão seu corpo vibrar em uma frequência diferente, você saberá. E então este será o seu tom para trabalhar.

Como sugerido pelos autores do livro, você pode trabalhar a Cura, limpeza energética, clareza mental, uma infinidade de coisas (aliando sua voz com um estado de intenção).


Nós somos veículos de cura e de mudança também. As vezes ficamos apreensivos atrás de um guru, de um grande Mestre que nos mostre o que fazer para sairmos de uma névoa mental, mas já parou para pensar que ninguém nos conhece como nós mesmos? E que nós mesmos temos os elementos para investigação e trabalho de mudança?


Espero que este post de encontre bem, e que te seja útil, jovem.


Deixo aqui no final uma meditação sonora proposta pelo autor/canalizador do livro

(Tom Kenyon) para você ouvir em seus momentos de tranquilidade (gosto de ouvir antes de dormir), e que também trabalha com a frequência sonora como uma poderosa canalização/download de informações.


Ele deixa as seguintes instruções:


"Quando gravei A Meditação Sonora Aethos, foi esse Hathor da 10ª dimensão que me guiou. Do ponto de vista da engenharia, foi uma experiência fascinante. À medida que eu gravava cada uma das oito faixas que compõem a gravação, esse ser alterava minha voz de maneiras distintas e em proporções distintas em relação aos sons previamente gravados. Depois de estabelecer os trilhos de fundação, simplesmente os coloquei em camadas e os enrolei, de acordo com a “sua” orientação, a fim de aproximar as flutuações de luz que compunham “seu” ser. Não houve manipulação eletrônica do som – o que significa que não alterei o equalizador de forma alguma, nem nenhum reverb ou outro efeito foi aplicado à minha voz. Os sons que você ouve na Meditação Sonora Aethos são completamente naturais e desprovidos de qualquer efeito, por mais difícil que seja compreender depois de ouvi-los.

No final desta mensagem, você terá um link para esta meditação sonora. Tem 5 minutos e 4 segundos de duração.

Trabalhe com este arquivo de áudio de cinco minutos da maneira sugerida pelos Hathors.

Primeiro apenas ouça com toda a atenção nos sons.

Em seguida, ouça com o foco de atenção no Chacra Cardíaco (abaixo do esterno e no centro do peito).

Então ouça com sua atenção no Chacra Laríngeo.

Em seguida, ouça com o foco no Terceiro Olho (entre os olhos, na ponte do nariz).

Finalmente, ouça com atenção no Chacra Coronário (no topo da cabeça).

Geralmente é aconselhável ouvir a Meditação Sonora Aethos, na sequência mencionada acima, durante sessões de audição separadas para evitar a possibilidade distinta de uma sobrecarga energética.

Nota importante: Não ouça a Meditação Sonora Aethos em situações que exijam estado de alerta, como dirigir um carro ou operar máquinas."


Excelente sexta!



MÚSICA ⋆ AETHOS MEDITATION, canalizado por Tom Kenyon ⋆ CLIQUE AQUI para ouvir no DropBox ⋆

0 comentário
bottom of page